AHA 2019 — GALILEO confirma o potencial prejudicial de rivaroxabano após TAVR comparativamente ao tratamento antiplaquetário

Estas conclusões destacam o desafio da terapêutica antitrombótica para a população submetida a TAVR.